Costela: 6 receitas que são de dar água na boca

A costela é um corte de preço mais acessível e pode deixar seu churrasco ou prato do dia a dia ainda mais gostoso. Confira 06 receitas fáceis de costela para fazer em casa

Churrasco e Grelhados

Atualizado em 06/10/2021

Receitas de costela que são de dar água na boca

A costelinha, de porco e de boi, é um corte bem presente no churrasco e no dia a dia de muita gente, porque afinal é uma delícia.

Mas esse corte ficou bem famoso por conta de uma tradição que começou lá no Rio Grande do Sul, a “Costela de fogo de chão”, você já ouviu falar?

O Rio Grande do Sul possui um dos maiores rebanhos bovinos do Brasil, então não é atoa que essa tradição nasceu lá. Os donos do rebanho matavam os animais para consumo próprio e tiravam as peças consideradas nobres, como a picanha, maminha, alcatra, filé mignon e deixavam os cortes considerados mais pobres, sendo a costela um deles, para os peões que trabalhavam no campo.

Para preparar a costela os trabalhadores abriam buracos no chão, cravavam uma lança na costela e faziam o fogo com carvão e lenha das árvores e deixavam o corte assando por horas. O preparo é tão longo que eles precisavam fazer isso logo no início do serviço para a costela estar pronta na hora do almoço.

Essa tradição foi levada pelos tropeiros a todo o país, e acabou virando um típico churrasco brasileiro.

Porém não é fácil fazer o fogo de chão e como disse anteriormente, é um modo de preparo que demora muitas horas para ficar pronto, mas graças a churrasqueira é possível provar diversos cortes, inclusive a costela, com um preparo mais fácil e rápido.

Mas calma aí! A costela pode ser feita de outras formas simples que possibilitam você colocá-la nas refeições do dia a dia.

Bora lá que vou mostrar algumas receitas para você!

Costela Suína

Costelinha de porco com molho mediterrâneo de tomate

Receita de costelinha de porco com molho mediterrâneo
Foto: Divulgação/Panelinha

Ingredientes

  • 2 peças de costela de porco (cerca de 600 g cada)
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 1 lata de tomate italiano pelado em pedaços (com o líquido)
  • 2 xícaras (chá) de vinho tinto
  • 2 xícaras (chá) de água (ou caldo caseiro de legumes ou de galinha)
  • casca e caldo de 1 limão-siciliano
  • 1 folha de louro
  • 2 ramos de tomilho
  • 1 colher (chá) de páprica defumada
  • ½ colher (chá) de pimenta calabresa seca
  • ½ colher (chá) de sementes de erva-doce
  • 1 colher (sopa) de óleo
  • ½ colher (sopa) de sal

Modo de preparo

  1. Numa tábua, corte as costelas em ripas – procure posicionar a faca bem no meio, entre os ossos, para que todas as costelinhas fiquem com carne dos dois lados. Transfira para uma tigela e deixe em temperatura ambiente enquanto prepara os outros ingredientes. 
  2. Descasque e pique fino a cebola e os dentes de alho. Lave e seque o talos de tomilho e o limão siciliano. Com um descascador de legumes, retire a casca do limão e reserve a polpa. Se preferir, descasque com uma faquinha de legumes bem afiada, cuidando para não cortar a parte branca, que amarga a receita. 
  3. Leve ao fogo médio uma panela grande (nós usamos uma caçarola de 24 cm de diâmetro com fundo triplo). De um lado, posicione a tigela com as costelinhas e, do outro, uma travessa. Quando a panela aquecer, regue com 1 colher (sopa) de óleo e doure cerca de 4 costelinhas por 3 minutos – coloque o lado convexo para baixo. Vire e deixe dourar o outro lado por mais 2 minutos. Transfira para a travessa. As demais levam 2 minutos de cada lado. Resista à tentação de colocar todas ao mesmo tempo! Em vez de dourar, elas vão soltar o próprio líquido e cozinhar no vapor. 
  4. Depois de dourar as costelinhas, mantenha a panela em fogo médio e junte a cebola – a gordura da carne é suficiente para refogar a cebola. Mexa por 3 minutos, raspando bem o fundo da panela – esses queimadinhos da carne são essenciais para o molho. 
  5. Quando a cebola dourar, junte o alho, a folha de louro e mexa por 1 minuto para perfumar. Tempere com o sal, a páprica defumada, a pimenta calabresa seca e a erva-doce. Misture bem. 
  6. Acrescente o tomate pelado (com o líquido) e misture por 1 minuto, raspando bem o fundo da panela. Regue com o vinho tinto, junte a água e aumente o fogo. 
  7. Assim que começar a ferver, volte as costelinhas para a panela. Debulhe as folhas de tomilho e misture; junte também a casca de limão. Diminua o fogo para baixo e deixe cozinhar por 40 minutos com a tampa entreaberta. 
  8. Em seguida, retire a tampa e deixe cozinhar por mais 10 minutos, até que a ponta dos ossinhos das costelas apareçam e o molho fique encorpado. Regue com o caldo de limão, misture bem e sirva a seguir.

Fonte: Panelinha

Costelinha de porco com geleia em crosta de castanha-de-caju

Receita de costelinha com geleia de laranja de crosta de castanha-de-caju
Foto: Divulgação/Panelinha

Ingredientes

  • 1 peça de costela de porco (cerca de 1,5 kg)
  • ⅓ de xícara (chá) de castanha-de-caju
  • ¼ de xícara (chá) de geleia de laranja
  • 1 xícara (chá) de vinho branco
  • 2 cebolas
  • 7 dentes de alho
  • 5 ramos de alecrim
  • azeite a gosto
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de preparo

  1. Preaqueça o forno a 220 ºC (temperatura alta).
  2. Retire o excesso de gordura da costelinha (se houver). Caso sua assadeira seja pequena, corte a peça ao meio, no sentido da largura – faça o corte entre dois ossinhos para facilitar.
  3. Tempere os dois lados da costela com sal e pimenta. Numa assadeira grande, coloque 5 galhos de alecrim e disponha a peça sobre as ervas, com o lado da carne para cima.
  4. Bata a castanha-de-caju no pilão até formar uma farofa grossa, reserve. Ainda no pilão (nem precisa lavar), bata 1 dente de alho com ½ colher (chá) de sal até formar uma pasta. Junte a geleia de laranja e misture bem.
  5. Com uma colher, espalhe a geleia temperada sobre a costela e salpique a castanha-de-caju. Leve ao forno para assar por cerca de 25 minutos, ou até dourar.
  6. Enquanto isso, corte as cebolas em quartos, passando a faca pela raiz e descasque – dessa forma os gomos ficam unidos. Descasque os dentes de alho.
  7. Retire a assadeira do forno e diminua a temperatura para 160 ºC (temperatura baixa). Distribua os gomos de cebola e dentes de alho ao redor da costelinha, e tempere com sal e azeite. Regue a assadeira com o vinho e cubra com papel alumínio.
  8. Volte ao forno e deixe assar por mais 2 horas, até a carne ficar bem macia. Retire do forno e transfira a costela para a tábua. Corte em ripas e sirva com a cebola, os dentes de alho e o molho que se formou na assadeira.

Fonte: Panelinha

Costelinha de porco com geleia de damasco

Receita de costelinha de porco com geleia de damasco
Foto: Divulgação/Panelinha

Ingredientes

Salmoura

  • 1 peça de costela de porco (cerca de 1,5 kg ou 12 ripas)
  • ⅔ de xícara (chá) de sal
  • ⅓ de xícara (chá) de açúcar
  • 3 litros de água
  • 3 ramos de louro

Assar

  • ⅓ de xícara (chá) de geleia de damasco (cerca de 100g)
  • 12 damascos secos inteiros (100g)
  • 3 cebolas roxas
  • 1 xícara (chá) de vinho branco
  • azeite a gosto
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de preparo

Salmoura

  1. Numa assadeira de borda alta (ou tigela grande), misture a água com o sal e o açúcar. Atenção: a assadeira deve ser grande e funda para a costelinha ficar imersa no soro. Caso a peça de costelinha esteja com muita gordura, retire o excesso. 
  2. Mergulhe a costelinha na assadeira, junte os louros, cubra com filme e deixe na geladeira por 12 horas (se preferir, prepare na noite anterior). Caso a costelinha não fique completamente imersa no soro por conta do tamanho da sua assadeira, vire a peça na metade do tempo para hidratar de maneira uniforme

Assar

  1. Pré-aqueça o forno a 160 ºC (temperatura baixa).
  2. Retire a costelinha da salmoura e descarte o líquido. Seque bem a peça com um pano de prato limpo (ou papel-toalha) e tempere os dois lados com pimenta-do-reino a gosto. Atenção: não é preciso temperar com sal, pois além de deixar a costelinha mais úmida, a salmoura também tempera a carne. 
  3. Disponha a costelinha numa assadeira grande, com a parte da gordura para cima. Corte a cebola em quartos, passando a faca pela raiz e descasque – dessa forma as pétalas ficam unidas ao assar. Distribua os gomos de cebola, os damascos inteiros e os ramos de louro em volta da costelinha. 
  4. Tempere as cebolas com sal e um fio de azeite. Regue a assadeira com o vinho e cubra com papel-alumínio. Leve ao forno para assar por 1h40, ou até que a costelinha esteja bem macia. 
  5. Após a primeira etapa de cozimento, retire a assadeira do forno e aumente a temperatura para 230 ºC (temperatura alta). 
  6. Retire o papel-alumínio e separe numa tigela pequena 2 ½ colheres (sopa) do líquido que se formou na assadeira. Misture bem a geleia de damasco ao líquido reservado e espalhe com uma colher sobre a costelinha. 
  7. Volte a assadeira ao forno (descoberta) e deixe assar por mais 40 minutos, ou até a superfície da costelinha ficar bem dourada – na metade do tempo, vire as cebolas e os damascos para não queimarem. 
  8. Assim que a costelinha estiver dourada, retire a assadeira do forno e espere pelo menos 15 minutos antes de cortar – assim, os sucos da carne se redistribuem e a costelinha fica mais saborosa e úmida. 
  9. Na hora de servir, transfira a costelinha para uma tábua e corte as ripas entre cada ossinho. Sirva com as cebolas, os damascos e o caldo que se formou na assadeira.

Fonte: Panelinha

Costela Bovina

Costela bovina braseada com purê de mandioquinha

Receita de costela bovina braseada com purê de mandioquinha
Foto: Divulgação/Arauto FM

Ingredientes

  • 1,5kg de costela bovina
  • Sal a gosto
  • ¼ de xícara de açúcar mascavo
  • Óleo para refogar
  • 1 cebola em cubos grandes
  • 1 cenoura em cubos grandes
  • 1 talo de salsão em cubos grandes
  • 3 dentes de alho inteiros
  • 1 folha de louro
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • água
  • salsinha para finalizar

Modo de preparo

  1. Temperar toda a costela com sal e o açúcar mascavo, deixar curando por 2 horas.
  2. Aquecer bem uma panela, regar com um fio de azeite e selar a costela de todos os lados até que fique bem dourada. Reservar.
  3. Na mesma panela, acrescentar mais um fio de azeite e refogar a cebola, a cenoura, o salsão e o alho.
  4. Retornar a costela para a panela, adicionar a folha de louro e a pimenta do reino.
  5. Cobrir com água e deixar cozinhar por 1h 30min, ou até que a costela esteja macia.
  6. Retirar a costela, descartar os legumes e a folha de louro e reduzir o caldo por 20 minutos, ou até que fique mais espesso.
  7. Servir com purê de mandioquinha.

Fonte: Tastemade

Ragu de costela com polenta cremosa

Foto: Divulgação/Ana Maria

Ingredientes

Ragu

  • 3 kg de costela bovina em pedaços (ripas)
  • Sal e pimenta-do-reino
  • 100 g de farinha de trigo
  • Azeite de oliva
  • 1 cebola em cubinhos
  • 3 dentes de alho espremidos
  • 1 cenoura em brunoise (cubinhos minúsculos)
  • 4 talos de aipo (salsão) em brunoise
  • 9 fatias de presunto cru
  • Tomilho e manjerona
  • 500 ml de vinho branco
  • 1,5 kg de tomates maduros sem pele e sementes em cubinhos
  • 1 litro de caldo de carne
  • Cebolinha ou salsa picadinha para salpicar

Polenta

  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • ¼ de xícara (chá) de cebola ralada
  • 1 litro de caldo de carne morno
  • 4 xícaras (chá) de fubá
  • Sal e pimenta-do-reino moída na hora
  • 50 g de parmesão ralado

Modo de preparo

Ragu

  1. Tempere a costela com sal e pimenta-do-reino a gosto e deixe em repouso por alguns minutos.
  2. Empane os pedaços de costela na farinha e doure-os em um pouco de azeite. Reserve.
  3. Em panela grande, refogue a cebola e o alho em 1 fio de azeite.
  4. Junte a cenoura e o aipo e refogue mais.
  5. Adicione a costela, o presunto e tomilho e manjerona a gosto e misture.
  6. Acrescente o vinho, o tomate e o caldo de carne, tampe e cozinhe em fogo baixo por 3 horas, mexendo de vez em quando (fica mais saboroso, mas, se preferir, cozinhe na panela de pressão), até a carne ficar bem macia.
  7. Desosse a costela e descarte a gordura e os nervos. Reserve.
  8. Passe o molho por uma peneira e leve ao fogo para apurar.
  9. Incorpore a costela desfiada, espere aquecer bem e sirva salpicado com cebolinha ou salsa a gosto e acompanhado da polenta cremosa.

Polenta

  1. Derreta a manteiga e refogue a cebola até dourar.
  2. Em fogo baixo, acrescente metade do caldo de carne e polvilhe o fubá, mexendo rapidamente para não empelotar.
  3. Aumente o fogo para médio e adicione, aos poucos, o caldo de carne restante.
  4. Mexa sem parar por 10 minutos ou até adquirir consistência.
  5. Ajuste o sal, tempere com pimenta e polvilhe o parmesão

Fonte: Ana Maria Braga

Escondidinho de mandioca com costela desfiada

Receita de escondidinho com costela desfiada
Foto: Divulgação/Panelinha

Ingredientes

Costela desfiada

  • 1 kg de costela bovina cortada em ripas
  • 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 1 cebola
  • 2 tomates maduros
  • 2 dentes de alho
  • 1 colher (sopa) de vinagre
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 1 litro de água
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Purê mandioca

  • 3 mandiocas descascadas
  • ½ xícara (chá) de leite
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Montagem

  • ¼ de xícara (chá) de farinha de rosca
  • ⅓ de xícara (chá) de queijo parmesão ralado
  • azeite para untar

Modo de preparo

Costela desfiada

1. Lave e seque os tomates. Descasque, descarte as sementes e pique os tomates em cubinhos. Descasque e pique fino a cebola e os dentes de alho.

2. Numa tigela, tempere as costelas com sal e pimenta-do-reino. Salpique a farinha de trigo e misture bem para envolver todos os pedaços.

3. Leve ao fogo médio uma panela de pressão, sem a tampa. Quando aquecer, regue com 1 colher (sopa) de óleo e doure as costelas em etapas – se colocar todas de uma só vez, vão criar água e cozinhar no vapor em vez de dourar. Com uma pinça, vire as costelas para que dourem por igual. Transfira para uma tigela e repita o processo com o restante, sempre regando a panela com um pouco de óleo antes de cada leva.

4. Mantenha a panela em fogo médio, acrescente a cebola e refogue por cerca de 3 minutos, até dourar. Junte os tomates, o alho e o vinagre. Deixe cozinhar por mais 5 minutos, mexendo de vez em quando.

5. Regue com a água e raspe bem o fundo da panela para dissolver os queimadinhos – eles são essenciais para dar sabor ao preparo. Volte as costelas para a panela, tampe e deixe cozinhar em fogo médio. Assim que começar a apitar, diminua o fogo e deixe cozinhar por mais 45 minutos.

6. Desligue o fogo e espere toda a pressão sair antes de abrir a panela (se quiser acelerar o processo, coloque a panela sob água corrente fria, ou levante a válvula com o auxílio de um garfo, mas saiba que isso encurta a vida útil da panela). Transfira as costelas para uma travessa. Se quiser, reserve o líquido do cozimento para outra preparação – é um caldo de carne bem saboroso.

7. Deixe a costela amornar antes de desfiar com um garfo. Descarte a gordura e os ossos.

Purê de mandioca

1. Descasque as mandiocas e corte em pedaços médios. Transfira para a panela de pressão (limpa) e cubra com água – não ultrapasse o nível máximo da panela.

2. Adicione 1 colher (chá) de sal, tampe a panela e leve ao fogo alto. Assim que começar a apitar, diminua o fogo e deixe cozinhar por mais 20 minutos. Desligue o fogo e espere toda a pressão sair antes de abrir a panela.

3. Transfira as mandiocas para uma peneira e deixe escorrer bem a água. Sobre uma panela, passe as mandiocas ainda quentes por um espremedor de batatas.

4. Adicione o leite e a manteiga. Leve ao fogo baixo e mexa bem até ficar cremoso. Prove e, se necessário, tempere com sal e pimenta-do-reino.

Montagem

1. Preaqueça o forno a 200 ºC (temperatura média). Unte com azeite um refratário com cerca de 27 cm x 16 cm.

2. Espalhe a carne de costela desfiada no fundo do refratário.

3. Com uma colher grande espalhe o purê de mandioca sobre a carne desfiada e alise com uma espátula. Salpique a farinha de rosca e o queijo parmesão ralado. Leve ao forno e deixe assar por cerca de 20 minutos, ou até dourar. Sirva a seguir.

Fonte: Panelinha

Conclusão

Gostou das receitas?

É bom lembrar, que mesmo que você tenha conhecido os métodos mais rápidos de cozimento para uma costela, do que um fogo de chão, este corte bovino ainda sim precisa de um tempo um pouco maior de preparo, então escolha a sua receita e se programe para preparar estes pratos com antecedência! Afinal, provar aquela costelinha que sai desmanchando do osso, é mesmo uma delícia!

E se você é do time que ama um bom churrasco, seja ele com um pedaço de costela ou outro corte bovino, aproveite para conhecer a nossa seção de Churrasco e Grelhados. Neste ambiente, você vai poder conhecer uma série de receitas e dicas para deixar o seu churrasco ainda mais gostoso!

Aproveite e compartilhe essas receitas com seus amigos(as) em suas redes sociais e deixe eles com água na boca.

Deixe uma resposta