Dia da Gastronomia Mineira: 5 receitas incríveis para você se sentir em Minas

No dia 05 de julho é comemorado o Dia da Gastronomia Mineira. Para comemorar esta data, nada melhor do que se deliciar com pratos típicos, não é mesmo? Neste post, você confere 05 receitas para se sentir em Minas

Churrasco e Grelhados

Atualizado em 06/10/2021

Feijao tropeiro

O Brasil é um país que possui grande variedade cultural, cada região e estado possui suas tradições típicas, cada lugar tem seu modo próprio de falar, festas regionais e uma culinária específica. Essas diferenças foram se criando, por meio da própria fundação do estado.

Os pratos típicos de cada região refletem bem essa diversidade cultural que encontramos no Brasil. Utilizando alimentos que nascem na própria região encontramos diversos pratos que definem bem as fronteiras entre estados, mas graças a enorme circulação de pessoas que temos dentro do país, podemos ter contato com pratos dos quatro cantos do Brasil.

Gastronomia Mineira

Quando falamos de Minas Gerais, já pensamos no pão de queijo saindo quentinho do forno.. hummm! Mas você bem sabe que Minas tem uma gastronomia tradicional que vai muito além disso.

Uma gastronomia que tem como principal recurso os ingredientes simples, que muitas vezes são plantados e criados em regime familiar e que conquistou o Brasil inteiro. É difícil não visitar Minas Gerais, e não dar uma passadinha em algum restaurante tradicional e provar um tutu de feijão ou um angu, isso porque sabemos que os mineiros gostam de mesa farta e que nada melhor que um mineiro para fazer comida mineira.

Por toda essa tradição gastronômica é que Minas ganhou o Dia da Gastronomia Mineira, que comemoramos no dia 5 de julho.

Para ajudar você a comemorar esse dia de um jeito bem mineiro, separamos algumas receitas para você experimentar no almoço.

Vamos lá!

Receitas

Tutu à Mineira

Receita de tutu à mineira
Foto: Divulgação/ Tudo Gostoso

Ingredientes

  • 1kg de feijão cozido
  • 2 xícaras de chá de farinha de mandioca
  • 4 xícaras de chá de água
  • 2 ovos cozidos
  • Torresmo pururuca
  • sal a gosto
  • alho picado a gosto
  • cebola picada a gosto
  • salsa ou salsinha picada a gosto

Modo de preparo

  1. Bata levemente o feijão cozido com o caldo no liquidificador.

2. Refogue o alho e a cebola até dourar

3. Adicione o feijão e deixe ferver. Dissolva a farinha de mandioca na água e acrescente a mistura no feijão até dar o ponto de mingau. Coloque o sal.

4. Após colocar o sal, despeje o tutu de feijão em uma travessa e coloque por cima a salsinha, os ovos cozidos e picados e o torresminho à pururuca. Sirva.

Fonte: Claudia

Frango com Quiabo

Gastronomia Mineira - Receita de Frango com quiabo
Foto: Divulgação/ Receitas Nestlé

Ingredientes

  • 4 coxas de frango com pele e osso
  • 4 sobrecoxas de frango com pele e osso
  • 200 g de quiabo (cerca de 20 unidades)
  • 1 pimentão amarelo
  • 1 tomate italiano maduro
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • caldo de 2 limões
  • 1 colher (chá) de cominho em pó
  • 1 colher (chá) de colorau
  • 2 ½ xícaras (chá) de água
  • azeite a gosto
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de preparo

  1. Numa tigela grande tempere as coxas e sobrecoxas com o cominho, o colorau, 2 colheres (chá) de sal, pimenta-do-reino a gosto e o caldo de 1 limão. Espalhe bem os temperos com as mãos para cobrir toda superfície do frango e deixe marinar por 15 minutos em temperatura ambiente – além de absorver os sabores, o frango perde o gelo antes de ir para a panela. Enquanto isso, prepare os outros ingredientes.
  2. Descasque e pique fino a cebola e o alho. Lave, seque e corte o pimentão e o tomate ao meio, no sentido do comprimento. Descarte as sementes e corte o pimentão em cubos de 1 cm e o tomate em cubos de 0,5 cm.
  3. Leve uma caçarola larga (ou uma panela grande) ao fogo médio para aquecer. Regue com 1 colher (sopa) de azeite e coloque as coxas e sobrecoxas de frango, com a pele para baixo, uma ao lado da outra sem amontoar – isso evita que os pedaços cozinhem no próprio vapor. Doure por 4 minutos de cada lado e transfira o frango para uma travessa. Atenção: não descarte o líquido da marinada do frango, ele vai ser usado no caldo.
  4. Mantenha a panela em fogo médio (não precisa regar com azeite pois o frango libera a própria gordura). Acrescente a cebola, o tomate e tempere com uma pitada de sal. Refogue por cerca de 2 minutos, pressionando com a espátula para formar uma pastinha. Junte o pimentão e refogue por mais 2 minutos, até murchar. Adicione o alho e mexa por 1 minuto para perfumar. 
  5. Regue a panela aos poucos com a água, raspando o fundo com a espátula para dissolver os queimadinhos — eles dão sabor ao preparo. Acrescente o líquido da marinada, tempere com ½ colher (chá) de sal, e deixe cozinhar até ferver.
  6. Assim que ferver, volte as coxas e sobrecoxas para a panela, com a pele para cima – nesse tipo de preparo chamado braseado, o líquido do cozimento não deve cobrir completamente o frango, os pedaços vão cozinhar, ficar úmidos, mas a pele vai permanecer dourada. Cozinhe por 25 minutos com a tampa entreaberta, em fogo médio, até o frango ficar macio. Enquanto isso, prepare os quiabos.
  7. Lave e seque bem os quiabos com um pano de prato limpo. Descarte o cabinho e corte cada um em 3 pedaços, na diagonal. Transfira para uma tigela e regue com o caldo de 1 limão – além de sabor, o caldo de limão evita que o quiabo libere muita seiva.
  8. Passado os 25 minutos, abra a panela e adicione os quiabos, entre os pedaços de frango. Cozinhe por mais 5 minutos sem a tampa, até que os quiabos estejam levemente macios e o caldo encorpado. Sirva a seguir, fica uma delícia com canjiquinha cremosa com limão e quiabo assado crocante.

Fonte: Panelinha

Vaca Atolada

Gastronomia Mineira - Receita de vaca atolada
Foto: Divulgação/ Tudo Gostoso

Ingredientes

  • 1,5 kg de costela bovina
  • ¼ de xícara (chá) de farinha de trigo
  • 2 cebolas picadas fino
  • 2 dentes de alho descascados e amassados
  • 2 tomates descascados e sem sementes, picados
  • 1 colher (sopa) de vinagre
  • 1 litro de água
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 3 mandiocas descascadas e cortadas em rodelas de cerca de 2 cm
  • folhas de salsinha fresca

Modo de Preparo

  1. Numa tigela, tempere as costelas com sal e pimenta-do-reino. Salpique a farinha de trigo e misture.
  2. Leve uma panela de pressão com o óleo ao ao fogo médio. Quando aquecer, frite as costelas, em etapas, até dourarem por todos os lados. Não amontoe as costelas no fundo da panela, para que não criem água (o que vai impedi-las de adquirir o dourado). Retire da panela e transfira para um prato.
  3. Refogue a cebola na mesma panela. Regue com ¼ de xícara (chá) de água e raspe bem o fundo da panela (esse fundinho é que dá o sabor à receita). Junte os tomates, os dentes de alho, o vinagre e cozinhe por 5 minutos. Retorne as costelas à panela e regue com o litro de água. Tampe a panela, e após começar a apitar, conte 35 minutos.
  4. Desligue o fogo e, quando toda a pressão sair, abra a panela. Se quiser acelerar, coloque a panela sob água corrente fria (ou levante a válvula com um garfo, mas saiba que isso costuma encurtar a vida útil da panela de pressão).
  5. Adicione a mandioca e complete com 1 xícara (chá) de água . Deixe cozinhar por 20 minutos, mexendo de vez em quando para o fundo não queimar. Na hora de servir, salpique folhas de salsinha fresca.

Fonte: Panelinha

Vídeos

Se você gosta de aprender receitas novas assistindo vídeos, ai vai algumas opções para você incrementar o cardápio do Dia dia da Gastronomia Mineira!

Feijão Tropeiro

Leitão à Pururuca

Conclusão

Que delícia de comida em? Vai ser um almoço no estilo mineiro, mesa farta e pratos deliciosos.

Deixa nos comentários qual receita você gostou mais, qual você vai fazer hoje na hora do almoço e não esquece de compartilhar com algum(a) amigo(a)! E se você sentiu falta de uma bela receita de pão de queijo, iguaria da gastronomia mineira para acompanhar aquele cafezinho, clique aqui e confira uma receita deliciosa de pão de queijo com polvilho azedo.

Ah! Se tiver um amigo mineiro, dá até para pedir para ele cozinhar uma dessas receitas para você, o que acha?

Até a próxima!

Deixe uma resposta